Dia “D”: Secretaria de Educação realiza encontro de orientação da BNCC para educação municipal

A secretaria Municipal de Educação de São Vicente do Seridó realizou neste sábado (14), o “Dia D” voltado para a Discussão sobre a Base  Nacional Comum Curricular. Desde a última semana a secretaria tem mobilizado sua equipe  em torno da discussão sobre esse documento, além de realizar um encontro de preparação para toda equipe técnico pedagógica ( diretores, coordenadores e supervisores).

No entanto, o evento deste sábado (14), foi coordenado pela equipe técnico-pedagogica da secretaria, e voltado para a apresentação e discussões com o corpo docente da rede municipal. Em um primeiro momento houve a  apresentação da BNCC (Base  Nacional Comum Curricular), através do Mestre e técnico, Diogo Kennedy Dantas, e posteriormente as discussões foram realizadas por etapa, ou seja, todos os presentes foram divididos em 4 grupos e cada um discutiu uma etapa  da educação básica.

Sequenciando as discussões, o primeiro grupo direcionado pela coordenadora, Alcione Cordeiro e a supervisora Valdinete, falou sobre  a educação infantil. Outros dois grupos se encarregaram de falar sobre ‘Os anos iniciais do Ensino Fundamental’:

O grupo do 1° e 2° anos, foi coordenado pela Supervisora Ailda Coelho, e o de 3° ao 5° anos, pelos coordenadores Carlos Kleber Corllett Sobral e Inácia Érica Farias Corlett Sobral. Já ‘Os anos finais do Ensino Fundamental’,  foi coordenado por Diogo Kenedy Dantas, Sérgio Lopes e Isonildo Eliasab.

A Secretária Municipal de Educação, Jusciléia Monteiro, falou da importância do evento. “Eu enquanto secretária, avalio este momento de forma muito positiva, pela necessidade de refletimos e debatermos sobre este documento que, a partir de agora norteará o trabalho pedagógico  das escolas e assim sendo, é de fundamental importância esses momentos de formação, para que possamos garantir a qualidade da educação do nosso município.” Explanou a secretária.

Um pouco mais sobre a BNCC:

A BNCC é um instrumento de referência dos conhecimentos indispensáveis a todos os alunos da educação básica, independentemente de sua origem, classe social ou local de estudo. Através de um documento construído colaborativamente por especialistas de todo o Brasil, gestores, docentes, alunos e até uma consulta pública online, a BNCC pretende reduzir as desigualdades de aprendizado, estabelecendo as habilidades e competências fundamentais em cada etapa da educação básica através da obrigatoriedade de seu cumprimento.