Indicador nacional aponta ‘avanços expressivos’ na Educação de São Vicente do Seridó

Dados do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira – IOEB apontam que o município de São Vicente do Seridó apresentou avanços expressivos no que tange as oportunidades educacionais ofertadas nos municípios e estados para garantir o sucesso educacional das crianças, adolescentes e jovens. Os números foram divulgados em novembro de 2019.

De acordo com o Índice, São Vicente do Seridó obteve em 2019 a nota 4,0 o que o faz despontar entre os municípios mais eficientes nos sistemas públicos de ensino da Paraíba, ficando a frente, inclusive, de grandes cidades como Bayeux (3,9), Conde (3,8) e Santa Rita (3,7), e municípios circunvizinhos como Cubati (3,8) e Soledade (3,9).

Com essa pontuação, a cidade registra o maior crescimento da série histórica, criada em 2015, quando iniciou com de 3,7 pontos naquele ano. O IOEB aponta ainda o crescimento de nível do município, saltando de 1 para 3. Isso quer dizer que São Vicente do Seridó registrou uma melhora expressiva na série histórica.

A secretária de Educação, Juscileia Monteiro, recebeu os dados com bastante alegria e destacou que os mesmos refletem e comprovam o trabalho e avanço da gestão para o desenvolvimento do município. “O índice vem para mostrar que estamos no caminho certo, investindo na educação que é a ferramenta mais importante que há para a verdadeira inclusão social”, disse.

Já a prefeita Graciete Dantas também comemorou os resultados. “Esses números nos estimulam a continuar promovendo a melhoria da qualidade do ensino em nosso município. Sabemos das dificuldades que toda pequena cidade passa, mas isso não é empecilho e sim um motivo pra mostrarmos que podemos sempre mais. Continuaremos trabalhando, investindo e buscando sempre melhores resultados”, afirmou a gestora.

Qualidade no ensino
A rede municipal de São Vicente do Seridó é referência em ensino de qualidade. Só em 2019, alunos da Rede Municipal conquistaram medalhas na 22ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), considerada a maior olimpíada científica do Brasil e que é organizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB) em parceria com a Sociedade Astronômica Brasileira (SAB), sendo duas de ouro, uma de prata e outra de bronze. Para esses alunos e os demais premiados no programa “Aluno Nota 10” foi oferecido um dia de lazer em um parque de diversões no Rio Grande do Norte.

Além disso, a Educação trabalha em parceria com as demais secretarias municipais, o que possibilita um trabalho mais amplo e inclusivo. Um exemplo foi a visita de alunos a comunidade rural de Alagamar dos Paulinos onde é desenvolvido o Programa Água Doce, a partir do qual as águas subterrâneas salobras ou salinas são reaproveitadas e transformadas em água de qualidade para o consumo humano. Através da visita, os profissionais abordaram a importância do sistema para o município.

Incentivo a continuidade dos estudos
Como forma de estimular a continuidade dos alunos na escola, foi realizado o sorteio de uma moto Honda Pop 0 km, várias cestas básicas e brindes para os estudantes que concluíram o ano letivo de 2019 na modalidade de Jovens e Adultos (EJA). Além disso, estes alunos também receberam todo o suporte por parte da gestão, com distribuição, inclusive, de kits escolares. 

Profissionais qualificados
A rede municipal também conta com profissionais qualificados. Em 2019, a gestão promoveu a capacitação para merendeiras, auxiliares e equipe de apoio.

Sobre o IOEB
O IOEB é um indicador que considera não apenas o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), resultado de aprendizagem divulgado a cada dois anos pelo governo federal, mas também outras variáveis de acesso, como a oferta de vagas em creche e pré-escola, a formação de professores, a experiência dos diretores de escola e a quantidade e crianças e adolescentes que não estão matriculados na escola.

Criado em 2015 por dois ex-funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – INEP, Reynaldo Fernandes, ex-presidente, e Fabiana de Felicio, ex-diretora de estudos educacionais do órgão, o índice IOEB leva em consideração aspectos do nível socioeconômico das famílias dos estudantes, dentre outros requisitos que vão além daqueles aferidos pelo próprio IDEB.

O objetivo principal do IOEB é dar aos gestores ferramentas para que as três esferas governamentais, governo federal, estadual e municipal, trabalhem em regime de colaboração para melhorar o atendimento do sistema educacional para todos os moradores em idade escolar daquela cidade.

COMPARTILHAR