Prefeitura de São Vicente do Seridó implanta projeto e beneficia dezenas de agricultores

A prefeitura de São Vicente do Seridó, através da Secretaria de Agricultura e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável -CMDRS , apresentou  o projeto Dom Helder, explicando a forma pela qual o público será atendido, e as políticas públicas que o projeto irá atuar.

Em reunião que aconteceu recentemente, foi feita a escolha das famílias nas comunidades rurais. A Empresa Paraibana de Pesquisa Extensão Rural e Regularização Fundiária- EMPAER está trabalhando com orientação da ANATER (Agencia Nacional de Assistência técnica) órgão vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, e todos os recursos que são repassados aos agricultores advém do Ministério da Cidadania, utilizando as normativas da secretaria Especial de Desenvolvimento Social.

Estão sendo atendidas pela EMPAER 49 famílias nas comunidades de Vaca dos Frades, Açudinho e Alto do Umbuzeiro com assistência técnica continuada e acesso a diversas políticas públicas.

Das 49 famílias, 20 delas foram contempladas com projetos produtivos de R$ 2.400,00 reais cada família para serem revestidos em atividades econômicas tais como: criação de bovinos, caprinos, suínos, aves e também atividades extras rurais desenvolvidas na zona rural, por exemplo, montar salão de beleza, borracharia, vender salgados e até corte e costura.

A prefeita Graciete Dantas falou do projeto. “O intuito desse projeto é trazer oportunidade em suas propriedades desde aos agricultores e familiares envolvidos em mais uma alternativa de garantir renda e dinamizar suas atividades em suas propriedades. O Convênio firmado entre a prefeitura municipal de São Vicente do Seridó, e a EMPAER foi fundamental para que pudessem ser desenvolvidos este projeto no município e continuar a contribuir para a melhoria das condições de trabalho e renda dos agricultores e seus familiares.” Disse a prefeita.

 

COMPARTILHAR