Prefeitura vacina idosos contra a gripe em casa para evitar aglomerações nos postos

Idosos foram imunizados em casa para evitar aglomerações nas unidades de saúde

A Prefeitura de São Vicente do Seridó, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou na última segunda-feira (23), a vacinação domiciliar da Campanha de Vacinação contra a Gripe. A medida visa evitar que os idosos e profissionais de saúde, que são enquadrados como grupo de risco do novo da Covid-19, que se aglomerem nos postos de saúde.

De acordo com a Secretaria de Saúde, nesta primeira semana entre os dias 23 e 26, foram vacinados 364 idosos e 116 profissionais de saúde.

Segundo a secretária Ana Cláudia (Claudinha),

é importante destacar que a vacina disponibilizada nesta campanha não protege contra o novo coronavírus, mas, sim contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Claudinha destacou também que a resistência dos idosos para se vacinar foi miníma, se comparada com anos anteriores.

Os idosos foram vacinados no domicílio pelas Equipes de Saúde da Família do Município e a resistência quanto a vacina nessa primeira semana foram mínima quando comparada com as campanhas anteriores.

As próximas fases da campanha acontecerão de acordo com o cronograma abaixo:

2ª fase – 16/04
– Professores de escolas públicas e privadas;
– Profissionais das forças de segurança e salvamento;
– Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (mantém-se a necessidade da prescrição médica com o motivo da indicação);

3ª fase – 09/05
– crianças de 6 meses a menores de 6 anos;
– gestantes;
– puérperas;
– povos indígenas;
– adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas;
– população privada de liberdade;
– funcionários do sistema prisional;
– adultos de 55 a 59 anos de idade;

A segunda e terceira fase da campanha será divulgada pela Secretaria de Saúde para os grupos prioritários por meio dos agentes comunitários de saúde, rádios, Portal Institucional da Prefeitura e redes sociais (Facebook e Instagram), bem como as medidas que serão tomadas a fim de minimizar as aglomerações nas Unidades de Saúde.

A Campanha de Vacinação, que normalmente acontece no mês de abril, foi antecipada pelo Ministério da Saúde como estratégia de redução de números de pessoas com doenças respiratórias. A proposta é que menos pessoas procurem atendimento em meio à pandemia do novo coronavírus. Como a orientação é que as pessoas não saiam de casa, a Prefeitura montou planos estratégicos da imunização dos grupos de risco.

COMPARTILHAR